Flagra – PF investiga prostituição de modelos e dançarinas de TV

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

 

Categorias: flagras, notícias - 1 Comentário

A Operação Harém da Polícia Federal desmontou um esquema de prostituição que envolve modelos e dançarinas de TV que ganham cachês de até R$ 20 mil por programa.

Diálogos interceptados pela PF mostram a rede de prostituição de luxo, descoberta em uma operação de 2009, durante a operação Harém. A operação chegou a ser divulgada pela PF no ano passado, mas agora a Folha teve acesso às escutas que mostram detalhes do filão mais lucrativo da quadrilha: o das “famosas” da TV e de revistas. E também de seus principais clientes: políticos, empresários e jogadores de futebol.

Em uma ligação, uma famosa assistente de palco de TV relata a uma agenciadora detalhes do programa que lhe rendeu R$ 10 mil.

Das 12 mulheres indicadas como testemunhas de acusação pelo Ministério Público, três aparecem nas telas da TV e duas já foram capa de revistas masculinas.

Operação Haren - Detalhes da  Prostituição de Luxo envolvendo famosas da tvAs mulheres mais conhecidas exigem programas em hotéis de luxo e determinam a posição da relação sexual, para se prostituírem. Um resort na República Dominicana envolvido no esquema criou um manual de conduta para as brasileiras que frequentam o hotel.

Fonte: Folha Online

Uma ideia sobre “Flagra – PF investiga prostituição de modelos e dançarinas de TV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *